Quarta, 05 de agosto de 2020
11961087400
Política

26/05/2020 às 08h58

315

INÁCIO TEIXEIRA

Poções / BA

Jornalistas são agredidos no Palácio da Alvorada
Para preservar a integridade física de suas colaboradores, o Grupo Globo suspende a cobertura na entrada do Palácio da Alvorada em Brasília
Jornalistas são agredidos no Palácio da Alvorada
O fotojornalista do Jornal O Estado de São Paulo, Dida Sampaio sendo impedido de trabalhar

­­­­­­­­­Nova saidinha do Palácio da Alvorada fez com que Bolsonaro se irritasse com jornalistas e colocasse a lenha na fogueira entre populares e imprensa. Ele desrespeita os profissionais de imprensa e suas provocações leva seus correligionários e agredir e insultar os trabalhadores


Globo decidi  que seus profissionais não mais farão plantão no Palácio da Alvorada. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que são levados a ficar lado a lado com os jornalistas, apenas com uma grade entre os dois grupos, têm insultado de forma cada vez mais agressiva os profissionais de imprensa, de todos os veículos, que estão ali trabalhando.


Como a animosidade dos militantes tem sido crescente, e sem que haja providências por parte das autoridades para proteger os jornalistas, o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo comunicou a decisão, por carta, ao ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.


Os jornalistas do Grupo Globo encontrarão maneiras seguras de apurar e relatar o que se passa ali, sem prejuízo do público.


A seguir, a íntegra da carta encaminhada pelo Grupo Globo ao ministro Augusto Heleno:


Ao cumprimentar V.Exa., trazemos ao conhecimento desse Gabinete uma questão que envolve a segurança da cobertura jornalística no Palácio da Alvorada. É público que o Senhor Presidente da República na saída, e muitas vezes no retorno ao Palácio, desce do carro e dá entrevistas bem como cumprimenta simpatizantes. Este fato fez vários meios de comunicação deslocarem para lá equipes de reportagem no intuito de fazer a cobertura. Entretanto são muitos os insultos e os apupos que os nossos profissionais vêm sofrendo dia a dia por parte dos militantes que ali se encontram, sem qualquer segurança para o trabalho jornalístico.


Estas agressões vêm crescendo. Assim informamos por meio desta que a partir de hoje nossos repórteres, que têm como incumbência cobrir o Palácio da Alvorada, não mais comparecerão àquele local na parte externa destinada à imprensa.  Com a responsabilidade que temos com nossos colaboradores, e não havendo segurança para o trabalho, tivemos que tomar essa decisão.


Respeitosamente,


Paulo Tonet Camargo


Vice-Presidente de Relações Institucionais


Grupo Globo

FONTE: G1/Rede Globo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium