Sábado, 19 de setembro de 2020
11961087400
Educação

19/04/2017 às 13h18 - atualizada em 19/04/2017 às 16h27

1.027

INÁCIO TEIXEIRA

Poções / BA

Prefeito oferece indecência e recebe um não dos servidores municipais
Prefeito oferece indecência e recebe um não dos servidores municipais
Momento do não à proposta do Prefeito. Foto Inácio Teixeira/Coperphoto

Professores ouve proposta do prefeito e em assembleia decidiram por nao aceitar.  A reunião de ontem (18/04) entre a diretoria da APLB Sindicato dos Professores de Poçoes e o prefeito Leandro Mascarenhas, que nao contou com a presença da secretária de educação professora Cítia Severino Mascarenhas,  foi vista pela categoria como embrolho, devido as condições oferecidas pelo executivo municipal. A proposta em pauta seria acertar o pagamento do salário de dezembro 2016, com tres parcelas de 40% em de dezembro de 2017, 40% em dezembro de 2018 e 20% em dezembro de 2019, nesse caso seriam tres anos para os servidores receberem seus salários de dezembro de 2016. Hoje nova proposta foi apresentada, essa de pagar 50% em dezembro 2017 e 50% em dezembro de 2018. Proposta considerada indecente pela categoria, que em assembleia decidiu em nao aceitar.    A campanha salarial foi anunciada como a segunda pauta da reuniao, o prefeito ouviu a proposta levda pela APLB, que representa a categoria, que seria de 7.64% equiparando ao salario nacional, e nesse momento foi pedido pelos representantes do executivo, que esperacem uma semana e que sentariam com os prefessores e uma  mesa, nova rodada  de negociação será abeta.  As 15 horas de hoje uma nova asembleia será realizada para encaminhar atividades de mobilização para os salarios de dezembro e a campanha salarial.  Sobre nao ter recebido os pofessores em oficios enviandos anteriormente, o prefeito alegou agenda cheia 


FONTE: Lucimar Chaves APLB Poções

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium