Sábado, 19 de setembro de 2020
11961087400
Educação

13/09/2017 às 21h07 - atualizada em 13/09/2017 às 23h03

941

INÁCIO TEIXEIRA

Poções / BA

APLB emite nota oficial e confirma o retorno as salas de aula
APLB emite nota oficial e confirma o retorno as salas de aula
professores em assembleia no auditório da sinfônica. Foto Inácio Teixeira/Coperphoto

Os professores da rede municipal de ensino de Poções em greve havia mais de 20 dias, decidiram na manha de hoje (13/09) suspender a greve e voltar as salas de aula. Segue a nota na íntegra



A APLB-SINDICATO E COMISSÃO DE GREVE vem a público informar a comunidade em geral que tivemos várias tentativas de reuniões com o Prefeito Municipal e que a mesma só foi possível depois de uma intermediação do Padre Ariosvaldo, da Paróquia do Divino Espírito Santo e do Pr. Henrique representante da OMEP. Na audiência que durou algumas horas, os representantes dos professores novamente apresentaram a pauta de reivindicações da categoria. Mais uma vez o gestor não se mostrou sensível às reivindicações dos professores, ficando evidente a sua falta de compromisso com a educação do Município. O Prefeito não atendeu sequer uma das reivindicações apresentadas pela categoria. Queremos deixar claro que o motivo da greve não foi apenas o reajuste salarial. A maioria dos professores ainda não recebeu o pagamento de dezembro. Nenhum professor teve atendida a sua solicitação de antecipação do Décimo Terceiro Salário. A concessão de Licença Prêmio foi suspensa sem data para retornar, o mesmo ocorre com as mudanças de nível. E os pedidos de ampliação da carga horária também permanecem sem resposta. Além de não atender as demandas dos professores, o prefeito ao resolver disponibilizar os documentos contábeis para o sindicato, o fez de forma incompleta, não fornecendo todos os documentos necessários para chegarmos a um cálculo preciso. Queremos salientar que nossa luta continua, permaneceremos em Estado de Greve, pois não iremos abrir mão dos nossos direitos, bem como da garantia dos 200 dias letivos aos alunos assegurados por lei, cabendo aos gestores, portanto junto ao Conselho Municipal de Educação e demais órgãos competentes sentar e propor um novo calendário letivo contendo a reposição de aulas; reiteramos que a categoria tem total interesse em cumpri-lo por entender que o mesmo é de suma importância para a educação do Município. Queremos agradecer imensamente a população de Poções pelo o apoio manifestado de tantas maneiras à nossa luta e na oportunidade pedir que continue nos apoiando no sentido de que juntos poderemos construir uma sociedade mais justa e consciente de seus direitos; deixamos durante esse período de greve uma resistência contra o poder opressor, não nos rendemos diante de suas ameaças diversas e cortes de salários. A nossa luta não acabou, continuemos vigilantes. A LUTA CONTINUA.


FONTE: APLB

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium